cidades em notícias
Governador Valadares - MG
Domingo, 4 de Dezembro de 2016
Educação
Minas destaca na Olimpiada da Lingua Portuguesa
O trabalho em equipe mostra criatividade de todos

Professoras Isla Magda e Edmila Cruz finalistas na categoria memória
Oito escolas estaduais, dos municípios de Coronel Xavier Chaves, Espera Feliz, Itacarambi, Alfenas, Alpinópolis, Itatiaiuçu, São Sebastião do Paraíso e Alvorada de Minas, estão na etapa final da Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro, que será realizada no dia 29 de novembro, em Brasília (DF). Ao todo, nove alunos mineiros disputam o título nacional nas categorias Poema, Crônica, Memórias e Artigo de Opinião.

As escolas e alunos finalistas da rede estadual são: EE Coronel Xavier Chaves - Luana Jaques Santos (Crônica). Professora - Maria Magali V. Rodrigues; e Éverton José de Sousa (Artigo de opinião). Professora - Maria do Carmo P. Chaves; EE Interventor Júlio de Carvalho - Sarha Dias Hottes (Memórias). Professora: Argélia Peixoto; EE Professor Josefino Barbosa (Itacarambi) - Isla Magda M. do Nascimento (Memórias). Professora Edinília Nascimento Cruz; EE Doutor Emílio Silveira (Alfenas) - Jéssica Borges Viana (Artigo de opinião). Professora - Elaine Prado Leite Souza; EE Dona Indá (Alpinópolis) - Ederaldo Silva Leandro (Artigo de opinião). Professora - Regina Célia Damasceno; EE Manuel Dias Correa (Itatiaiuçu) - Vanessa Cristina de Melo (Artigo de opinião). Professora - Tânia Maria de S. Guimarães; EE Comendadora Ana Cândida de Figueiredo (São Sebastião do Paraíso) - Francielli Rosa Dias (Artigo de opinião). Professora - Eneida Maria de Pádua; e EE José Madureira Horta (Alvorada de Minas) - Ana Kelly M. Campos (Poema). Professora - Ilsaete da Ap. B. Simões.

Para a diretora de Temáticas Especiais da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Soraya Hissa Hojrom de Siqueira, a olimpíada possibilita ao aluno a troca de experiências e permite ao professor da disciplina que se capacite em uma nova metodologia. Segundo Soraya Siqueira, os gêneros textuais tornam também a disciplina de Português mais atrativa e criativa para o aluno.

Criatividade

Criatividade, desenvoltura, interesse e disposição não faltam à aluna Luana Jaques Santos, de 15 anos, da Escola Estadual Coronel Xavier Chaves, de Coronel Xavier Chaves, no Campo das Vertentes. Classificada para a final na categoria Crônica, Luana, aluna do 9º ano, sabe que não será uma disputa fácil. Segundo ela, na semifinal em Curitiba (PR), os textos eram de excelente qualidade.

Mesmo com concorrentes de peso, Luana, incentivada pela professora Maria Magali V. Rodrigues, está otimista. Ao entrar na olimpíada, Luana contou a história de Wantuil, um morador de Coronel Xavier Chaves que adorava contar casos mirabolantes para todo mundo. Para a final, ela promete usar toda a criatividade e aprendizado que vem adquirindo nas aulas de Português para obter um bom resultado. Além de Luana, outro aluno da Escola Estadual Coronel Xavier Chaves, Éverton José de Sousa, foi classificado na categoria Artigo de opinião. Ele é orientado pela professora Maria do Carmo P. Chaves.

A Escola Estadual Professor Josefino Barbosa, no município de Itacarambi, no Norte de Minas, também está em festa. A aluna do 7º ano, Isla Magda M. do Nascimento, de 13 anos, é finalista na categoria Memórias. Sua incentivadora é a professora de Português, Edinília Nascimento Cruz. Com 1.700 alunos do Ensino Fundamental e Médio, a escola ganhou um trabalho diferenciado. Os projetos internos, segundo o vice-diretor Carlos Roberto Pinheiro, já renderam a edição de três livros de alunos e professores.

Especialista em Literatura e língua Portuguesa, Edinília, desde que chegou à escola, busca a melhoria da leitura e da escrita dos alunos. Apaixonada pela Literatura, ela sabe que há muitos desafios a vencer, inclusive em regiões como a da cidade de Itacarambi. Para superar as dificuldades, ela usa a criatividade e passa para os alunos a paixão que tem pela escrita.

De forma lúdica, segundo Edinília, o aprendizado fica mais interessante. Por isso, seus alunos fazem pesquisa, visitam frequentemente a biblioteca e escrevem sobre suas experiências e cotidiano. “O aprendizado é um processo lento que se constrói cotidianamente, mas já podemos observar a melhoria do ensino e o maior interesse de nossos alunos”, explica a professora.

Para Edinília, a expectativa é grande para a final. A aluna Isla Magda do Nascimento está muito motivada e deve ter um bom desempenho na final em Brasília. Com três livros publicados - científico, romance e histórias infantis - a professora fala com orgulho da participação dos alunos na olimpíada. “Além de ensinar, nós professores também aprendemos com a metodologia que o certame oferece aos professores. É uma ferramenta importante para o nosso trabalho”, ressalta.

A professora Edinília também gosta de falar dos livros publicados pelos alunos e professores da Escola Estadual Professor Josefino Barbosa. Na obra publicada em 2008, em parceria com a Unimontes, Nas margens do Rio e do Papel, eles mostram sua sensibilidade em crônicas, contos e poemas. A sensibilidade que conta e reconta as histórias de um povo simples que nunca perde a esperança de uma vida melhor.

Participação de Minas Gerais

Na edição de 2010, Minas Gerais alcançou o 2º lugar nacional em número de inscrições, com um total de 6.285 escolas inscritas, sendo 2.543 (67,49%) estaduais e 3.742 (58,16%) municipais. Entretanto, o Estado foi o que teve o maior número de textos efetivamente enviados para avaliação.

Entre os professores, Minas Gerais teve 26.971 inscrições, sendo 15.762 da rede estadual e 11.219 da rede municipal. Outro destaque para Minas Gerais foi o número de textos classificados para a fase regional do concurso, são 61 textos entre todos os gêneros. Desse total, 39 são de escolas da rede estadual. As vagas de cada estado para a etapa regional são proporcionais ao número de textos enviados. Assim, Minas Gerais ficou com: 15 classificados na categoria Poema, 15 em Memórias, 15 em Crônicas e 16 em Artigo de Opinião.

A Olimpíada ocorre a cada dois anos e está em sua segunda edição. O concurso teve origem no Programa Escrevendo o Futuro, desenvolvido pela Fundação Itaú Social entre 2002 e 2006. Atualmente, é realizado em parceria com o Ministério da Educação, com a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e ação Comunitária (Cenpec) e tem o objetivo de estimular o desenvolvimento de competências de escrita a partir de uma premiação. Fornece subsídios em material de apoio pedagógico (kit de criação de textos) para que os professores realizem oficinas de leitura e escrita com seus alunos. O projeto teve a adesão da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) em suas duas edições.
Izequias Silva
chlamydia symptoms in men garysaggu.com men chlamydia
how to cheat on wife sledaddicts.com signs of unfaithful husband
so your wife cheated on you do you cheat on your wife my wife cheated on me now what do i do
dating for married men blog.jrmissworld.com why men cheat
how many people cheat I cheated on my wife my husband cheated with a man
tween girls tribb sex stories prashanthiblog.com sex stories in hindi
best phone spy randolphia.com hidden android spy app
abortion pill stories go abortion at 10 weeks
coupons for viagra discount prescription cards pfizer viagra coupons
gabapentin 600mg redsoctober.com vibramycin 100mg
viagra prijs apotheek viagra pillen kruidvat erectiepillen zonder voorschrift bij apotheek





vitrine


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros2 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Noticiasinline.com © 2010-2012. Todos os direitos reservados - Minas Gerais, Brasil
Não possuo conta Cidadeinline
Ainda não possui conta no Carroinline
Crie já a sua!
Já possuo conta Cidadeinline
Login:
Senha: