cidades em notícias
Governador Valadares - MG
Quinta-Feira, 8 de Dezembro de 2016
Saúde
Vacinação é a melhor forma de evitar o Sarampo
Em 2010, o Brasil já confirmou 57 casos de sarampo.

saude.mg.gov.br
Sem nenhum caso em Minas Gerais desde 1999, quando foram notificados nove casos, o sarampo continua ocorrendo em diferentes regiões do mundo, se mantendo como a principal causa de morte por doença imunoprevenível, estimando-se que globalmente ocorram 36,5 milhões de casos e 1,5 milhão de mortes pela doença a cada ano,conforme apontam os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em 2010, o Brasil já confirmou 57 casos de sarampo. Todas as ocorrências se concentram em três Estados: Rio Grande do Sul, Pará e Paraíba, onde a situação é a mais grave, com 47 confirmações. Os casos foram registrados em pessoas não vacinadas por diferentes motivos (opção terapêutica pela homeopatia e alergia referida a algum componente da vacina).

“A circulação endêmica do sarampo nas Américas foi interrompida em 2002. Desde então, os casos da doença que ocorrem na região sempre foram identificados como importados ou relacionados à importação de países onde a doença continua endêmica”, destacou Kleber Abreu dos Santos, referência técnica estadual em Sarampo.
Copa do Mundo

O retorno de viajantes brasileiros da Copa do Mundo de Futebol na África do Sul e da temporada de férias de inverno no Brasil influenciaram na elevação de casos ocorridos nas Américas.

Em 2010, no período de janeiro a 28 de agosto foram contabilizados 155 casos de sarampo nas Américas: 91 no Canadá, 48 nos Estados Unidos, cinco no Brasil, dois na Guiana Francesa e nove na Argentina, sendo o último identificado com genótipo B3, que se encontra em circulação na África do Sul.
Ações de vacinação

De acordo com Kleber o controle do sarampo nos últimos 10 anos no Estado é resultado do trabalho dos profissionais de saúde envolvidos na vigilância da doença, que, “de maneira sensível e oportuna, investigam cada caso suspeito e implementam as medidas de controle para prevenir e limitar a ampla circulação viral. Faz-se necessário reforçar o alerta para as ações preconizadas de identificação, notificação e controle do sarampo”, destacou.

Uma das medidas é manter altas coberturas vacinais e homogeneidade na vacinação de rotina, alertar os viajantes sobre a necessidade de manterem suas vacinas atualizadas antes de viajar (recomenda-se 15 dias antes da viagem).
A vacina tríplice viral (SCR) que protege contra o sarampo, protege também contra a rubéola e a caxumba. No calendário nacional de vacinação de rotina, a primeira dose deve ser administrada a toda criança de um ano de idade e uma segunda dose àquelas de quatro a seis anos de idade.

“É de grande importância a proteção contra o sarampo aos viajantes principalmente com destino a locais onde há circulação viral atual. Reforçar vacinação de profissionais que atuem no setor de turismo, motoristas de táxi, funcionários de hotéis e restaurantes, e outros que mantenham contato com viajantes. A vacina contra o sarampo é a medida de prevenção mais eficaz”, lembrou Tânia Caldeira Brant, coordenadora Estadual de Imunização.

Para evitar a propagação da doença, recomenda-se reforçar a aplicação da vacina na população na faixa etária de 1 a 49 anos. A dose é gratuita e está disponível nos postos de saúde nos municípios.
Sarampo e sintomas

O sarampo é uma doença infecto-contagiosa provocada pelo Morbili vírus e transmitida por secreções das vias respiratórias como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas, é de cerca de 12 dias e a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele. Em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro.

Os sintomas são manchas avermelhadas na pele (exantema maculopapular eritematoso), que começam no rosto e progridem em direção aos pés, podemos citar os seguintes sintomas: febre, tosse, mal-estar, conjuntivite, coriza, perda do apetite e manchas brancas na parte interna das bochechas (exantema de Koplik). Otite, pneumonia, encefalite são complicações graves.
wanting to cheat developersalley.com i almost cheated on my husband
reasons wives cheat on their husbands why people cheat letter to husband who cheated
unfaithful husbands keelingconsulting.com love affairs with married men
tween girls tribb sex stories erotic stories images violent sex sex stories in hindi
how to spot a cheater how many men have affairs why married men cheat on their wives
discount pharmacy cards old.stevenedouard.com walgreens pharmacy coupons
walgreens printable coupon rite aid online coupons walgreens photo promo
dutasteride 0.5mg link inderal 40mg
tretinoin click thyroxine bottle
pet prescription discount card go cialis savings and coupons
prescription drugs coupon open discount prescription drug card
saude.mg.gov.br





vitrine


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros2 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Nova Camisa Atlético MG
Seu Nome Personalizado Em 12 Vezes Sem Juros
Na SportWest www.Atletico.SportWest.com.br/OLK


Noticiasinline.com © 2010-2012. Todos os direitos reservados - Minas Gerais, Brasil
Não possuo conta Cidadeinline
Ainda não possui conta no Carroinline
Crie já a sua!
Já possuo conta Cidadeinline
Login:
Senha: